domingo, 18 de junho de 2017

Refaço-me em seu corpo

 

Te amando, refaço-me em teu corpo.
Como as nuvens se refazem depois do vento forte.
Como os pássaros a voar na amplidão,  
sabendo que tem lugar certo pra voltar.
Como curvas sinuosas apagando imagens turvas.
Estrada vicinal me mostrando o final,
que encontro no aconchego do seu corpo.
Que me mostra joia bela e lapidada 
sobre os lençóis perfumados.
Onde o espelho reflete a perfeição dos traços.
No verdadeiro apogeu do amor vivido.
Nossas mãos deslizam sobre a pele macia, 
desfazendo os últimos embaraços.
Em teu corpo refaço-me em fim...
Como a terra se refaz com a chuva leve.
Como gotas cristalinas, expostas às cores do arco-íris.
São momentos, gestos, perfumes que ficam gravados 
na mente e no coração.
E pra sempre tatuados nos nossos corpos, momentos de
prazer, de amor e paixão.
Já cabalmente entregue... meu coração.

(Cecília-10/2008)

Código de texto: T2449317

Nenhum comentário:

Postar um comentário