segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Manhã de Primavera


Embalo em meus braços 
a manhã que se descortina.
Acalento com carinho 
a brisa que sopra suave.
E o sol chega manso, 
cheio de brilho e calor.
E em meus braços, descansa o amor.

Embalo em meus braços 
as flores da Primavera.
Lírios vestindo véus, 
rosas brancas e amarelas.
carregadas de perfumes.
E em meus braços, aconchego a saudade.

Embalo em meus braços 
buquês de quimeras.
Perfume acentuado que
reaviva as lembranças.
Debruço-me nos sonhos 
e visto-me de momentos.
Abraçada às flores que colhi, 
nessa manhã radiante
E em meus braços, aconchego a Primavera.


(Cecília-09/2016)

7 comentários:

  1. Tão linda a poesia e aconchego à primavera! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amiga pela gentil visita.
      Que nossa Senhora Aparecida te cubra
      com seu manto sagrado. Bjs

      Excluir
  2. Que lindo Cecília! Sempre com belos poemas ♥

    Beijos da amiga Stefanny

    http://meuspensamentoesentimentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Bom dia amiga, obrigada pela visita. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Cecilia lindo verso, tenho saudades do blogorama, mas agradeço a ele pois so assim te conheci e bom poder te la em meu face tambem. bjsss otima quinta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sinto saudades dos tempos do blogorama, também pude conhecer pessoas incríveis assim como você, Boa terça feira amiga. Bjs

      Excluir
    2. Também sinto saudades dos tempos do blogorama, também pude conhecer pessoas incríveis assim como você, Boa terça feira amiga. Bjs

      Excluir